Com informações do jornal Estado de S. Paulo

O Acre está no planejamento do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. O Estado vai ganhar uma unidade do programa Casa da Mulher Brasileira, que visa atender vítimas da violência. A meta é entregar a unidade até o fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro, em 2022.

Além do Acre, Amazonas (2), Sergipe (1), Amapá (1), Minas Gerais (4), Mato Grosso (2), Distrito Federal (3), Rio de Janeiro (3), Espírito Santo (2), Piauí (1Bahia (1), Pernambuco (1), Goiás (1), Paraná (1) e São Paulo (1) recebem o Programa.

O Programa foi lançado pela então presidente Dilma Rousseff em 2015, mas agora, nesta nova fase, passa por reformulações e a ideia é deixa-lo com um custo menor por unidade. Parcerias com os estados, como a cessão de espaços não estão descartadas.

Comentários