Conecte-se conosco





Acre

Acre registra mais de 160 casos novos de câncer de mama e colo do útero em 2021

Publicado

em

Dados são do Núcleo de Prevenção de Doenças Crônicas da Secretaria Estadual de Saúde. Durante todo o ano passado foram diagnosticados 194 casos das doenças no estado.

O Acre registrou mais de 160 novos casos de câncer de mama e de colo do útero este ano. Os dados são do Núcleo de Prevenção de Doenças Crônicas da Secretaria Estadual de Saúde referentes ao período de janeiro a setembro de 2021.

Nos nove primeiros meses de 2021 foram registrados 63 casos de câncer de mama no estado. Já com relação aos casos de câncer do colo do útero foram 105 mulheres diagnosticadas com a doença.

Apesar da pandemia da Covid-19 e da redução nos atendimento nas unidades de saúde, o número de diagnósticos de câncer de mama e de colo do útero em 2020 e 2021 foi maior que em 2019, antes da pandemia.

Conforme os dados, em 2019 foram registrados 72 casos de câncer de mama e 68 casos de câncer do colo do útero, totalizando 140 diagnósticos. O que representa um aumento de 20% em relação a 2020.

Este ano, ao menos 20 mulheres morreram em decorrência do câncer de mama e 17 por conta do câncer de colo do útero, segundo o levantamento da Saúde. Em 2020, um total de 61 mulheres morreram por conta dessas doenças.

A técnica do núcleo de prevenção de doenças crônicas, Aldaysa Santos falou sobre a importância do diagnóstico precoce das doenças e dos exames que devem ser feitos periodicamente pelas mulheres.

“Considerando que o câncer de mama é o que mais mata as mulheres e de forma silenciosa, e a única forma que temos de prevenção aos casos mais graves é o diagnóstico precoce, realizando os exames. Reforçamos então a importância dos exames e não precisa ser só no mês de outubro. Temos três locais para realização dos exames, um é o Cecon, que é do estado, do município que é o CAD Imagem, que fica no bairro Quinze e o Hospital do Amor”, disse Aldaysa.

Comentários

Em alta