Como o blog antecipou. A situação estava insustentável. Neymar rompe com a Nike
Divulgação/Nike
  • Do R7

    Neymar não é mais atleta Nike.

    A própria empresa confirmou que o rompimento formal será daqui dois dias, dia 31 de agosto, como também estava na nota.

    O descontentamento da parceria que durou 15 anos começou com a empresa não apoiando o jogador, no ano passado, quando a modelo Najila Trindade o acusou de estupro.

    Neymar esperava apoio da empresa. E não desconfiança, na acusação de estupro
    Divulgação/Nike

    A Puma e a Adidas já sabiam que a relação dele com a Nike estava desgastada.

    Neymar recebia 30 milhões de dólares por ano.

    R$ 164 milhões.

    O desgaste entre o atacante do PSG e a Nike foi tão grande que houve a antecipação do fim de contrato.

    Ele terminaria em 2022.

    Neymar não participou das duas últimas campanhas mundiais da empresa.

    E o jogador não citou a Nike, não colocou post algum da fabricante de material esportivo nas últimas três semanas.

    Justo na reta final da Champions.

    Neymar rompe de maneira abrupta com a Nike. Faltavam dois anos de contrato
    Neymar rompe de maneira abrupta com a Nike. Faltavam dois anos de contrato

    Puma e Adidas duelam por ele.

    A Puma está mais próxima de fechar com o jogador.

    A rescisão acontecerá nesta segunda-feira.

    Desde os 13 anos, Neymar era garoto-propaganda da Nike.

    O desgaste, lógico, também envolveu dinheiro…

Comentários