Dados do Caged registraram 2,4 mil demissões em outubro de 2015.
40 mil postos de emprego em serviços foram encerrados, aponta Fecomercio.

Foram 2496 demissões em outubro de 2015,  segundo Caged (Foto: G1 AC)
Foram 2496 demissões em outubro de 2015,
segundo Caged (Foto: G1 AC)

G1/AC

As demissões superaram as contratações em 733 vagas em outubro de 2015 no Acre, segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgadas pelo Ministério do Trabalho.

Este foi o pior resultado de fechamento de vagas formais dos últimos 12 meses.

Em outubro foram registradas 1.763 admissões diante de 2.496 desligamentos, o que resultou na redução de 733 empregos. Os meses de janeiro, fevereiro e março também apresentaram queda no número de vagas, com redução de 466 em janeiro, 577 em fevereiro e em março foram 500 empregos a menos.

Segundo o Caged, o mês de agosto de 2015 teve o melhor resultado em contratações ficando com um saldo de 1.179 vagas. Nos meses de abril, maio e junho, as contratações ficaram positivas, com saldo de 95, 193 e 95 vagas.

De acordo com o assessor da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomercio), Egídio Garó, a economia acreana tem uma característica distinta. Garó explica que esse processo de admissão e demissão sempre ocorreu ao longo da história, onde às vezes se admite mais e em outros momentos se demite mais.

Comentários