Conecte-se conosco

Geral

Abertas as inscrições para o Curso ‘Preparação dos Pretendentes à Adoção’

Publicado

em

#i

A Escola do Poder Judiciário (Esjud) está com as inscrições abertas para o ‘Curso Preparação dos Pretendentes à Adoção’. Os interessados podem se inscrever até o dia 13 de outubro de 2022. A atividade é destinada somente aos pretendentes à adoção com processo de habilitação em tramitação na 2ª Vara da Infância e Juventude. São 34 vagas disponíveis.

De acordo com o edital, o curso terá carga de 30 horas/aula e será realizado do dia 17 de outubro a 11 de novembro, das 9h às 12h, na modalidade de encontros síncronos pela plataforma Google Meet e Ambiente Virtual de Aprendizagem da ESJUD.

Na atividade os participantes irão entender o que é a adoção; quem são as crianças/adolescentes à espera de uma família; educação como direito; educação como um dever educação como um processo.

A metodologia a ser utilizada no curso baseia-se no desenvolvimento de competências por meio de metodologias ativas. No contexto de uma metodologia ativa, o aluno exerce papel central no processo de aprendizagem, uma vez que a partir de sua própria postura e ações é que o conhecimento será ou não efetivado.

Serão planejadas atividades que valorizem os conhecimentos e experiências cotidianas dos cursistas acerca dos temas propostos com vistas a promover a articulação entre teoria e prática, por meio das metodologias ativas: situação- problema, sala de aula invertida (flipped classroom), debate, simulação.

Como os pretendentes à adoção com processo de habilitação em tramitação na 2ª Vara da Infância e Juventude são o público-alvo, a Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Acre é que estará com a lista de quem deve participar e comunicará a eles sobre o curso. Mesmo assim é necessário que esses pretendentes efetuem a inscrição no site da Esjud.

 

Ana Paula Batalha | Comunicação TJAC

Comentários


Geral

ROTAM prende dois e apreende arma de fogo em bairro da Capital

Publicado

em

Segundo a PM, os militares faziam uma abordagem em um veículo, quando ouviram um disparo bem próximo do local onde acontecia a ação dos militares.

Por Angélica Florêncio/Com informações James Silva

Uma guarnição da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) logrou êxito e prendeu dois homens e aprendeu uma arma de fogo durante um patrulhamento de rotina, no bairro Vitória, na região do São Francisco, em Rio Branco.

Segundo a PM, os militares faziam uma abordagem em um veículo, quando ouviram um disparo bem próximo do local onde acontecia a ação dos militares. Diante do perigo eminente, a guarnição se deslocou em direção de onde veio o barulho dos tiros e encontrou dois homens, com eles, a polícia encontrou uma arma de fogo, uma munição intacta e duas deflagradas.

Após o flagrante, a dupla foi presa e encaminhada a Delegacia Central de Flagrantes – Defla, onde foram ouvidos pelo delegado de plantão.

Comentários


Continue lendo

Geral

Amazônia é o bioma com mais pastagens no Brasil, segundo estudo do MapBiomas

Publicado

em

Nas últimas duas décadas, a área de pastagem cresceu 40% na Amazônia. No mesmo período, esse tipo de cobertura de solo diminuiu substancialmente na Mata Atlântica (28%) e no Cerrado (10%), onde 10,2 milhões de hectares foram transformados em lavouras temporárias.

O avanço das pastagens sobre a Amazônia a colocou no topo da lista dos biomas com maior área, em termos percentuais, com 36%. Cerrado (31%), Mata Atlântica (18%), Caatinga (12%) e Pantanal (2%) vêm na sequência.

Com exceção de Minas Gerais, com 19,3 milhões de hectares, os outros dois estados líderes em área de pastagens no Brasil ficam na Amazônia Legal: Pará (21,1 milhões de hectares) e Mato Grosso (20,2 milhões de hectares).

Os dados fazem parte de um mapeamento inédito do MapBiomas que foi apresentado na última quarta-feira, 30 de novembro, pelo YouTube. O estudo revela que de toda a área desmatada no Brasil, que já se aproxima dos 35% do território nacional, aproximadamente 90% foram ou continuam sendo pastagem.

Com presença nos seis biomas, a pastagem ocupa atualmente algo em torno de 151 milhões de hectares de norte a sul do país. Mas a área total pode ser ainda maior porque esse número não integra parte dos campos naturais, principalmente no Pampa e Pantanal.

Esses dois biomas cobrem 12 milhões de hectares no país, e áreas de mosaico de usos, onde não é possível separar agricultura e pastagem (ou elas ocorrem de forma consorciada), e que cobrem 42 milhões de hectares.

Comentários


Continue lendo

Geral

Twitter pode ter dado preferência a candidatos da esquerda no Brasil, diz Musk

Publicado

em

REUTERS/MIKE BLAKE/FILE PHOTO

Novo dono da rede social falou sobre possíveis manipulações que teriam beneficiado candidatos também nos Estados Unidos

O dono do Twitter, Elon Musk, disse, neste sábado (3), achar “possível” que a equipe da empresa de mídia social, na gestão passada, tenha dado preferência a candidatos de esquerda durante as eleições brasileiras deste ano.

“Vi muitos tuítes preocupantes sobre as recentes eleições no Brasil. Se esses tuítes forem precisos, é possível que o pessoal do Twitter tenha dado preferência a candidatos de esquerda”, escreveu Musk.

O bilionário deu as declarações quando falava sobre possíveis manipulações das eleições americanas e não apresentou provas sobre a atuação da gestão anterior da empresa.

Musk completou a compra do Twitter em 27 de outubro, poucos dias antes do segundo turno da eleição presidencial do Brasil, com a disputa entre Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No início deste ano, Bolsonaro recebeu Musk em uma reunião em São Paulo, quando chamou a aquisição do Twitter pelo bilionário americano de “um sopro de esperança” e o apelidou de “lenda da liberdade”.

Tanto Lula quanto Bolsonaro usaram amplamente o Twitter durante o processo eleitoral. Na campanha, diversos políticos e influenciadores tiveram a conta suspensa por ordem judicial por divulgação de notícias apontadas como falsas e após questionarem o resultado da eleição.

Com informações da Agência Reuters

Comentários


Continue lendo

Em alta