PLP-257-300x200O deputado federal Major Rocha (PSDB –AC) recepcionou nesta terça-feira, 5, as comitivas de militares de todo país, que foram à Brasília protestar contra o Projeto de Lei 257/2016, que prevê vários danos aos servidores públicos.

O tucano participou de todo o encontro usando uma bandeira do Acre e destacou aos militares a importância de união da categoria para impedir prejuízos aos militares. “Além de recomendar dois anos sem reajuste, o projeto de lei encaminhado pelo Governo Dilma ainda pode aumentar o tempo de serviço dos militares de 30 para 35 anos”, observou Rocha.

O PLP 257/16 foi encaminhado em março para a Câmara Federal e afetará diretamente os direitos dos servidores públicos, em todas as esferas, inclusive, prevendo programa de demissão voluntária.

Participaram desta reunião o presidente da Associação dos Militares (AME), Sgt Joelson Dias, o Dep. Capitão Augusto, Cap. Ernandes, Presidente do Clube dos oficiais da PM/BM do Acre e Sgt Elton, Conselho Fiscal da AME

O presidente da Associação dos Militares do Acre (AME-AC), sargento Joelson Dias, parabenizou a iniciativa da bancada militar da Câmara Federal, que convocou as associações de militares de todo país para este encontro, quando foram apresentados tópicos do PLP 257/16. “A votação que estava marcada para hoje foi suspensa e vários deputados mudaram de opinião sobre o projeto de lei, após esta reunião”, informou Dias.

Assessoria

Comentários