Da redação, com ac24horas

Repetindo a mesma estratégia de 2012, o governo do Acre irá pagar o décimo terceiro salário dos servidores públicos somente depois do natal.  O martelo foi batido em recente reunião  na Casa Civil com a equipe de governo.  A proposta foi chancelada pelo secretário de fazenda, Mâncio Lima Cordeiro, o governador Sebastião Viana e a chefe da casa civil, Márcia Regina.

Em setembro, ac24horas havia adiantado que o governador  faria um novo empréstimo junto a um banco estatal para que a secretaria da fazenda honrasse o pagamento do décimo-terceiro salário dos servidores públicos, em dezembro. O montante, segundo foi repassado por fontes de dentro da Sefaz, é de R$ 200 milhões.

No vermelho, Sebastião Viana tenta de todas as formas manter o trunfo da Frente Popular do Acre, há 15 anos no comando do Estado, de não atrasar os salários. Politicamente, o atraso ou o não pagamento é um desgaste que o governador terá que enfrentar faltando menos de um ano para as eleições.

Governo não adiantou pagamento do 13º salário este ano

O primeiro sinal que foi exposto de que as coisas não vinham nada bem, foi a não divulgação, no mês de agosto, do adiantamento de parte do décimo-terceiro salário do funcionalismo.

Em anos anteriores, o servidor poderia adiantar até 70% do rendimento extra do mês de dezembro no pagamento do mês de agosto.

Nos últimos meses, o governo tem mantido a folha de pagamento do funcionalismo em dia com muito esforço.

Em 2012, o governo do Acre só pagou o décimo terceiro depois do natal, fato que ocasionou desgaste e muita especulação por vários setores da imprensa.

Comentários